//
Temporal

Temporal

Se tiver que chover,
que seja temporal!

Temporal com raio
que gruda olho no céu.

Temporal com vento
que gruda vestido no corpo.

Corpo molhado,
debaixo de chuva,
água escorrendo.

Vento gelando
de fora para dentro.

E teu beijo esquentando
de dentro para fora.

 

Flávia Côrtes – Dezembro de 2009
www.poetaflaviacortes.com.br

Textos devidamente registrados na Biblioteca Nacional e protegidos quanto aos seus direitos autorais.

=================================================
Poesia Falada: Confira tudo sobre o CD no link Verso em Voz

Maiores informações: contato@poetaflaviacortes.com.br

=================================================

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: